quinta-feira, 1 de maio de 2008

ROPO 014 + ROPO 015 + ROPO 016 + ROPO 017 + ROPO 018 - Nyu-Gi-Oh + Babe Face + Kanako SP + Ai Hatsu + Nisshingeppo

ROPO 014 - Nyu-Gi-Oh
Série parodiada; Yu-gi-oh
Páginas: 40
Capa colorida, interior preto e branco.
Ano: 2002 (??)
Editora: Kenix
Ótima paródia de Yu-gi-oh e todo seu merchandising. A Feiticeira negra resolve invadir o quarto de yugi e dar uma transadinha com ele . Yugi não gosta e a pune, evocando cartas que transam com ela violentamente. Há outras histórias curtas, aonde eles revivem a mesma situação, mas sempre o Yugi ficando bolado (esse cara é estranho...) há uns pin-ups com outros personagens, e umas cartas extras.. bem eróticas. Arte 10.

[EDIÇÃO DISPONÍVEL. ATENÇÃO: apesar de serem em sequências absurdas e irreais, contém cenas que podem ser interpretadas como violência sexual]


ROPO 015 - Babe Face

Série parodiada: Sailor Moon
Páginas: 44
Capa colorida, interior preto e branco; este zine foi compilado na revista Love Deluxe, com a capa em preto e branco
Ano:??
Editora: Black Dog

Uma das muitas paródias que Black Dog fez para as sailors. Neste aqui, as garotas resolvem usar mini saias para atrair um grupo de tarados que tem atacado garotas no tem, para então detê-los. Só que o plano não dá muito certo, e elas são atacadas pelos tarados ali mesmo. Arte 10.

[ATENÇÃO: em análise para possível retirada do catálogo, por conter violência sexual, não no estilo "rape and revenge"] 


ROPO 017 - Kanako SP
Série parodiada: Love Hina
Páginas:36
Capa colorida, interior preto e branco.
Ano: 2001
Editora: Big Boss

A série “SP” que Big Boss fez para Love Hina é uma das mais perfeitas séries de hentais que já vi. Assim como Black Dog faz os melhores paródias de Sailor Moon, Big Boss faz obras primas com Love Hina. Não sei se este foi o primeiro lançado por ele, mas foi o primeiro que editei. Aqui ele já demonstra sua fascinação pelos cosplays, aonde o personagem em destaque aparece vestindo vários uniformes (vide a fantasia dela na capa; numa página interna, Kanako aparece vestida como Rei de Evangelion). As histórias são como esperadas: Kanako realiza seus sonhos de transar com seu irmão Keitaro. A história mais surreal é uma em que ela conta para Naru que transava com ele quando pequena. A arte? maravilhosa, perfeita, não me surpreenderia se descobrisse que Big Boss é um artista da equipe de Ken Akamatsu. Nota 10.

[EDIÇÃO DISPONÍVEL. ATENÇÃO: em análise para cancelamento, há cenas que podem vir a ser interpretadas como apologia]

ROPO 018 - Ai Hatsu
Série parodiada: Rurouni Kenshin
Páginas: 28
Capa colorida, interior preto e branco
Ano:??
Editora: Donkey – Monkey (??)

Duas histórias com romances entre Kenshin e Kaoru. A primeira, com arte um tanto cômica, rola um bondage (Kenshin transa com Kaoru amarrada num poste). Na segunda, com a arte um pouco mais realista, outro romance do casal. Arte 8.

[EDIÇÃO DISPONÍVEL. ATENÇÃO: Bondage.]




ROPO 019 – Nisshingeppo



Série Parodiada: Karekano
Paginas: 12
Capa: impresso em rosa interior preto e branco
Ano : 1998
Editora: Ugeman

Miyazawa dá uma transada com Harima, assim, em pé, na rua... é um zine muito curtinho, mas tem uma belíssima arte, perspectivas utilizadas muito boas. Nota 10. o único contra é o fato dele ser muito curto.

[EDIÇÃO DISPONÍVEL]