domingo, 24 de fevereiro de 2008

ROPO 005 e ROPO 006 - Love Shino 4 e 3303


ROPO 005 – Love Shino 4
Série parodiada: Love Hina
Páginas: 40
Capa colorida, interior preto e branco
Ano: ??
Editora: Shinohara Heavy Industry


Quarta edição da série. Desta vez, Keitarô é usado por Kaolla Su numa espécie de “máquina virtual’ , e transa com ela. Um dos capítulos mais engraçados da série, na minha modesta opinião. Na segunda história, trazendo de volta o artista mais simples não – hentai, Kitsune banca a detetive. Na terceira, continua o romance Keitaro / Shinobu, desta vez resolvem transar no quarto de Naru! creio que foi o mais ousado dos romances da série. Nota 10.

[ATENÇÃO: fora de catálogo por possível interpretação de apologias]



ROPO 006 – 3303
Série parodiada: Rurouni Kenshin
Páginas: 28
Capa colorida, interior preto e branco
Ano: 1999
Editora: Mad Cheep

[ATENÇÃO: retirada de catálogo por possível interpretação de apologias]

sábado, 16 de fevereiro de 2008

ROPO 002 e ROPO 003 - LOVE SHINO 2 e 3

ROPO 002 – Love Shino 2 (Love Hina)
Série parodiada: Love Hina
Paginas: 44;
Capa colorida, interior preto e branco
Ano : ??
Editora: Shinohara Heavy Industry




Segunda edição desta série, nosso segundo lançamento. Desta vez, Keitarô faz amor com Motoko, na primeira história;a arte segue a mesma linha beirando o "SD", muito boa. a segunda, de menor qualidade, mais piadas (não hentai) com as moradoras da pensão. este artista, o mesmo da história intermediária do primeiro número, tenta se aproximar do humor da série original. E a última, o romance secreto de Keitaro com Shinobu continua; a história aqui está ficando bastante romântica. Nota 10





ROPO 003 – Love Shino 3 (Love Hina)
Série parodiada: Love Hina
Páginas: 36
Capa colorida, interior preto e branco
Ano: 2000 (??)
Editora: Shinohara Heavy Industry



Terceira edição. a primeira história começa com um romance Keitaro e Motoko,bem engraçado; Keitarô convida a Naru para ir ao cinema, e ela recusa. porisso, Keitarô decide convidar a Motoko, que desejava muito ir ver o filme. como "agradecimento" eles dão "umazinha". depois, temos outra bela história de Keitaro e Shinobu; esta foi ótima, eles transam no quarto da Naru!! Esta edição veio menor do que as anteriores, e não contém a história cômica pelo artista diferente. Nota 10.


[ATENÇÃO: estas duas edições foram retiradas do catálogo pela segunda história, que, apesar de romântica, pode levar a uma interpretação de apologia de romance com menores] 

sábado, 9 de fevereiro de 2008

ROPO 001: LOVE SHINO 1

olá!!!!!!
este blog é para todos aqueles que acompanhavam os zines hentai do Ropomatsu!!! resolvi compilar aqui todas as mais de 70 edições que lancei, resenhando conforme a ordem de lançamento. isto também é uma vitrine, para que todos aqueles que queiram conhecer as séries saibam o que foi lançado. tais obras estão em processo de relançamento, com páginas extras e tudo mais, dependendo das respostas. Espero que se divirtam! Basta escrever para mim no email arlequimhc@yahoo.com.br e perguntar como conseguir sua edição. é baratinho, simples, e recebe no conforto do lar .
No próximo post, respondo mais como proceder. grande abraço a todos, e obrigado a todos que me apoiaram durante todo o tempo em que editei estes zines.

============================

ROPO 001 :

LOVE SHINO #1


editora original: Shinohara Heavy Industry
mangá parodiado: Love Hina
ano: 2000 ?
formato: 1/2 A4
páginas: primeira versão : 32 pgs. versão refeita: 40 pgs.





Neste primeiro lançamento, trouxemos uma obra belíssima da editora Shinohara Heavy Industry. Em duas histórias que podem chocar pessoas que não estão acostumadas ao estilo, Shinobu (do manga Love Hina) finalmente consegue realizar seus desejos de fazer amor com Keitaro. na primeira história, Keitarô flagra a Shinobu "brincando sozinha", pensando nele; ao ser descoberta, ela se envergonha, mas acaba revelando seu amor, e percebe que é correspondida. na segunda história, eles assumem o "romance proibido", e se amam mais intensamente. há uma terceira história (só na versão refeita) em que Kitsue ridiculariza keitarô e o impede de curtir uma praia pela obrigação de arrumar a pensão Hinata. esta terceira história não é hentai, e a arte é bem inferior em comparação as outras duas.



Roteiro e arte nota 10, inclusive o visual do zine se assemelha ao manga original.

[ATENÇÃO: este zine foi classificado como fora de catálogo, por ter histórias que, apesar de terem teor romântico, podem ser interpretadas como apologia a romance com menores.]